A cidade de Seara em Santa Catarina recebeu o diagnóstico elaborado pela Bright Cities

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

A metodologia pioneira vai contribuir para tornar gestão pública municipal ainda mais eficiente

 A Administração Pública Municipal de Seara, no oeste catarinense, recebeu na última semana o diagnóstico da solução Bright Cities da vertical estratégica Cidade 4.0 do Programa Cidade Empreendedora, que é executado em parceria com o Sebrae/SC. O município foi avaliado em dez áreas de serviços entregues ao cidadão: meio ambiente, energia, governança, saúde, segurança, empreendedorismo, tecnologia e inovação, educação, mobilidade e urbanismo. A plataforma on-line de diagnóstico avalia mais de 160 indicadores de performance, traça uma pontuação para cada área da gestão pública no comparativo com outros municípios brasileiros e recomenda um mapeamento de soluções tecnológicas para aplicação na cidade.

De acordo com o diagnóstico o município de Seara tem vocação para o empreendedorismo, pois o indicador de 6,77% é ótimo no comparativo com cidades do mesmo porte, que mantém como média 3% a 4%. Nesta área foram analisados: o ambiente de negócios, a facilidade de empreender e o emprego e a renda. Os destaques em Seara são a taxa de sobrevivência dos negócios de 79,37% e a baixa taxa de desemprego que é de 1,56%.

“Estamos muito satisfeitos com os resultados. Confesso que alguns dados me surpreenderam
a exemplo do potencial empreendedor local, do zelo pelo meio ambiente e da
destinação correta dos resíduos sólidos. Enquanto que outros já tinha conhecimento
da eficiência pública”, comentou o prefeito Edemilson Canale.  

Confira alguns dados do diagnóstico de Seara

Meio Ambiente: foram avaliados poluição do ar, saneamento e resíduos sólidos. Destaque para a destinação adequada dos resíduos, que foi de 92%.

Energia: foram analisados os indicadores de consumo e a infraestrutura de energia elétrica. O diagnóstico relevou que a duração média de interrupções no fornecimento de energia é baixo, com 12 horas, em nove quedas, durante o ano de 2020. A população que utiliza o serviço é de 99,85%.

Governança: foram pesquisados três eixos econômicos e condições sociais; finanças públicas e indicadores eleitorais. Seara é referência na capacidade de poupar porque a despesa total com pessoal como percentual da receita corrente foi de 43,35%, o que comprova uma saúde fiscal robusta. Outro indicador positivo foi do investimento público per capita, que em 2017 era de 23 dólares e aumentou em 2020 para 75 dólares.

Saúde: foram avaliadas a infraestrutura e os recursos humanos. Os destaques foram a expectativa média de vida em Seara de 77 anos, enquanto que a média brasileira é de 76 anos e o índice de vacinas obrigatórias acima da média nacional.

Segurança: foram observados os indicadores de criminalidade, infraestrutura e recursos humanos.

Tecnologia e inovação: foram analisados os critérios de tecnologia de comunicação, infraestrutura de conectividade e inovação.

Educação: foram avaliados o acesso à educação, a taxa de sobrevivência escolar e infraestrutura de ensino. Entre os destaques apontados estiveram que 99,3% concluiu o ensino fundamental, 91,7% finalizou o ensino médio e o percentual de professores com ensino foi de 97,1%.

Mobilidade: foram pesquisadas informações gerais, mobilidade sustentável e transporte público.

Urbanismo: foram levantados dados sobre o fornecimento de água, gestão de águas pluviais e planejamento urbano, lazer e área verde.

Por fim, foram disponibilizadas 154 soluções para o município com o objetivo de melhorar a performance e que estão alinhadas com as metas do plano de governo. Como boas práticas de Seara, que podem ser referência para outras cidades, estão: educação, reciclagem e segurança rural. (Fonte MB Comunicação)

RELATED CONTENT